Ficha Técnica


Título: Eternas Escamas (Fins Are Forever)
Autor (a): Tera Lynn Childs
Editora: ID
Gênero: Romance e Fantasia
Nº de Páginas: 280


Sinopse: 

"Aos 18 anos, Lily Sanderson vai se tornar simplesmente uma... garota. Ela ainda será sereia, mas ao assinar sua renúncia ao trono de Thalassínia, vai apagar completamente a princesa Waterlily e dar vida à plebeia Lily. Com o namorado Quince ao seu lado, um humano, Lily está feliz com sua decisão. Mas logo a maré começa a virar. Seu pai envia Dosi, sua prima encrenqueira, para morar com ela em terra. O que Dosi teria aprontado desta vez para ser exilada e ficar presa em sua forma humana  algo que ela odeia?

As ondas trazem ainda um garoto tritão direto do seu passado. Sua chegada e um pedido a deixam confusa, e ela já não tem mais certeza do que quer. Lily se vê num tsunami de decisões: seu futuro com Quince versus a lealdade ao reino. Será possível conciliar amor, dever e sonhos?"



Olá, queridos. Estou mergulhando, pela segunda vez, na Trilogia Fins. Demorou, mas chegou (ufa). Caso ainda não tenha lido a resenha do primeiro livro, No Fundo do Amor, basta clicar aqui.

A história começa, basicamente, no mesmo ponto que o livro anterior terminou. Após romper a acidental ligação mágica formada com seu vizinho e adorável baiacu Quince, por quem se apaixonou no processo, Lily continua morando com sua tia Rachel enquanto frequenta o ensino médio. No entanto, seu aniversário se aproxima e, segundo as leis de Thalassínia, uma princesa que não esteja ligada em seu décimo oitavo aniversário deverá renunciar o título e o trono, tornando-se uma simples mermaid. Lily, neste ponto, mantém um relacionamento saudável com Quince (quem diria? rs), o qual está protegido de quaisquer ligações com sereias desde o ritual de separação, portanto seus planos consistem em estudar muito para fazer um milagre na pontuação do SAT (Teste de Admissão Escolar) e conseguir entrar em uma universidade, já que seus dias como princesa estão contados.

Todavia, após um estranho terremoto, sua encrenqueira prima Dosi (a qual é bastante conhecida por aprontar muito e sair quase sempre impune) aparece na porta de sua casa. Junto a ela há uma carta de seu pai, rei de Thalassínia, que apesar de não revelar os verdadeiros motivos de seu exílio, implora para que Lily encare a estadia da prima como sua última tarefa real, ajudando-a a se livrar de seu antigo rancor pelos humanos, causado pela morte de seus pais por mãos de pescadores quando ela ainda era muito jovem.


Apesar de odiar a situação, odiar ter de cuidar de Dosi enquanto sua vida acadêmica está um caos, Lily sente-se tocada com o pedido do pai. Desta forma, tia Rachel matricula Dosi na mesma escola de Lily, para que assim ela possa conviver com o mundo humano e aprender como é a vida em terra firme.

O que a nossa protagonista certamente não esperava era que Dosi se adaptaria muito bem ao colégio (compreendendo o senso de moda dos humanos, algo que Lily nunca foi capaz) e se tornaria bastante íntima de Brody – sua antiga paixão platônica.


Um inesperado reencontro acontece para finalizar a tarefa de transformá-la em uma verdadeira pilha de nervos. Tellin, um antigo amigo tritão e príncipe de um reino marinho distante, aparece em sua porta determinado a todo custo a convencê-la a não abrir mão de seu título como princesa. E é a partir dai que todas as dúvidas e receios começam a emergir e pressioná-la ainda mais: escolher entre seu futuro real em Thalassínia, mas ter de abrir mão de um futuro com Quince; ou ficar na terra com o seu amor, abrir mão do título, e tentar ser aceita em uma universidade? Estaria ela sendo egoísta? Agindo através da paixão? Será que, no fim, conseguirá ser feliz com a sua escolha?




"Os músculos do seu pescoço se tencionam, e ele se vê tão desesperado que desejo descansar minha mão contra sua bochecha para lhe dizer que tudo estará bem. Mas quem sou eu para saber que tudo estará bem? Apenas posso lutar para chegar ao final de cada dia."




Eternas Escamas continua com mesmo o humor e a leveza que o primeiro livro nos apresenta, mas também traz um amadurecimento necessário ao enredo e à protagonista. Lily deixa de ser somente uma garota boba e apaixonada para enfrentar as grandes escolhas da vida e suas consequências, o que nos sentir ainda mais próximos à história. Desta forma, dou-lhe as minhas quatro estrelinhas cinza, já que para mim ele cumpre com seu objetivo do início ao fim. O último livro da trilogia, Just for Fins, ainda não possui uma previsão de lançamento aqui no Brasil, então o que nos resta é esperar a misericórdia da Editora ID. :(






Deixe um comentário